Sexta-feira, 6 de Junho de 2008

ALFREDO DUARTE JÚNIOR- Filho de Alfredo Marceneiro, e pai do autor deste blog

 A 6 de Junho de 1999 faleceu o meu saudoso pai, na Rua do Cura no bairro da Madragoa. em Lisboa está sepultado no talhão dos artistas no cemitério dos Prazeres.

Nasceu em Lisboa,  na freguesia de Santa Isabel, a 23 de Dezembro de 1924.

Foi apelidado de "Fadista Gingão" porque começou a dar às suas interpretações uma coreografia ,  inédita no Fado, o que lhe valeu muitas críticas, mas ainda hoje há muitos que o imitam, quer no gingar, quer usando o  lenço, ou boné.

Por fim chamaram-lhe o "Fadista Bailarino"   uns gostavam, outros não,  mas  meu pai  marcou um estilo muito próprio, e tem por mérito próprio um lugar na História do Fado.

 

Alfredo Duarte Júnior

Canta: É Loucura Ser Fadista

Letra e música de Júlio de Sousa

Contacto com o autor: clicando aqui
Viva Lisboa: Que Saudades Pai
música: É Loucura ser Fadista de Júlio de Sousa
publicado por Vítor Marceneiro às 12:15
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De António dos Santos Fonseca a 17 de Janeiro de 2011 às 22:33
Acompanhei, Alfredo Duarte Júnior nas noites do NINA, homem sem igual.
Deixou saudades, era um grande amigo, pena que não seja mais divulgado eu fiz o que pude comprando-lhe os cd´s e dando-os por amigos apreciadores.
Bem Haja
De Vítor Marceneiro a 18 de Janeiro de 2011 às 09:44
Meu Caro Amigo
Obrigado pelas suas palavras.
Eu não faço mais do que a minha obrigação, era meu pai. Tenho muitos Fados dele no Youtube .
Infelizmente para o Museu do Fado o meu pai é um desconhecido, mas tem decerto um lugar na história do Fado.
Um abraço
Vítor Marceneiro
De Fernando Silva a 19 de Janeiro de 2011 às 16:25
Os meus respeitos pelo Sr. Alfredo Duarte Jr. que sem favor nenhum marcou " o ponto" no Fado, como tantos outros. Ostracizar, não!Tive o privilégio de o conhecer pessoalmente na Tasca do Chico quando a mesma abriu poucos anos do seu falecimento. Em dez minutos de conversa com ele aprendi mais que com muitas "vedetas do cinema mudo" que pairam por aí... Ah! O azulejo com o St. António que se encontra na Tasca foi oferta deste homem do Fado, pessoalmente ao Francisco Gonçalves. Também comprei um na loja da Barros Queirós (que ele me indicou) e quando olho para o azulejo, Alfredo Duarte Jr. está sempre na memória. Obrigado
De Domingos Arrojado a 17 de Março de 2011 às 14:14
Conheci o Alfredo Duarte Jr quando ele cantava na Adega Machado nos anos 70/80. Um fadista de alma inteira. Alguns criticavam o jeito dele interpretar o fado o que lhe valeu a alcunha.
De Franco Beja a 15 de Maio de 2011 às 19:03
Em 1999 o fado perdeu dois grandes artistas: Amália Rodrigues e Alfredo Duarte Júnior no mesmo dia 6 e a quatro meses de intervalo.
Senhor Vítor Marceneiro, lembro-me de ter encontrado o seu pai em Moçambique na cidade da Beira quando ele cantava na casa de fados do Cabaret Le Moulin Rouge ". Nessa época (entre 1971 e 1974) eu estava embarcado no cargo Licungo " e ia três vezes por mês à Beira. A noite, ia ouvir o seu pai cantar o fado mas antes convidava-o a beber um whisky que ele chamava uma lixivia "! Entre dois fados e até ao fim do espectaculo,passava o tempo na sua companhia a contar anedotas, a comer chouriço assado e a beber tinto e "lixivias " Belos tempos! Repousa em Paz Alfredo. José Ortiz Franco Beja
De Vítor Marceneiro a 15 de Maio de 2011 às 20:33
Bem haja, meu amigo.
Um abraço de reconhecimento do filho de Alfredo Duarte Jr.
Vítor

Comentar post

Clique aqui para se inscrever na
Associação Cultural de Fado

"O Patriarca do Fado"
Clique na Foto para ver o meu perfil!

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Aguarelas gentilmente cedidas por MESTRE REAL BORDALO. Proibida a sua reprodução

tags

10 anos de saudade

2008

50 anos de televisão

ada de castro

adega machado

adelina ramos

alberto ribeiro

alcindo de carvalho

alcino frazão

aldina duarte

alfredo correeiro

alfredo duarte jr

alfredo duarte jr.

alfredo duarte júnior

alfredo marcemeiro

alfredo marceneiro

alice maria

amália

amália no luso

amália rodrigues

américo pereira

amigos

ana rosmaninho

angra do heroísmo

anita guerreiro

antónio dos santos

antónio melo correia

antónio parreira

argentina santos

armanda ferreira

armandinho

armando boaventura

armando machado

arménio de melo - guitarrista

artur ribeiro

árvore de natal

ary dos santos

aurélio da paz dos reis

avelino de sousa

beatriz costa

beatriz da conceição

berta cardoso

carlos conde

carlos escobar

carlos zel

dia da mãe

dia do trabalhador

euclides cavaco

fadista

fado

fado bailado

fados da minha vida

fados de lisboa

feira da ladra

fernando farinha

fernando maurício

florência

gabino ferreira

guitarra portuguesa

guitarrista

helena sarmento

hermínia silva

herminia silva

joão braga

josé afonso

júlia florista

linhares barbosa

lisboa

lisboa no guiness

lucília do carmo

magusto

manuel fernandes

marchas populares

maria da fé

maria josé praça

maria teresa de noronha

max

mercado da ribeira

miguel ramos

noites de s. bento

oficios de rua

óleos real bordalo

paquito

patriarca do fado

porta de s. vicente ou da mouraria

pregões de lisboa

raul nery

real bordalo

santo antónio de lisboa

santos populares

são martinho

teresa silva carvalho

tereza tarouca

tristão da silva

vasco rafael

vítor duarte marceneiro

vitor duarte marceneiro

vítor marceneiro

vitor marceneiro

zeca afonso

todas as tags