Quarta-feira, 23 de Julho de 2008

É PRECISO EMPURRAR PARA O MESMO LADO

O meu amigo Acácio Monteiro, publicou a página anterior "Vamos Continuar" , na sequência de uma conversa que tivemos, tal  como tive com outros (poucos) amigos, e que me perguntam o que se passa?....Vais parar?.... Não sei, mas   sinceramente o que interrogo a mim mesmo é:  Continuar?  porquê? Valerá a pena?

 

Recebi hoje este filme, que acho extraordinário, só tenho pena de não conhecer o nome dos autores.

Convido-os a ve-lo e a meditar, sobre esta lição que é tão antiga, mas que nós os homens a esquecemos frequentemente.

Creiam que não quero elogios, mas receber um simples comentário — Vale ou não continuar?

 

 

 

No fim da págima clique em "comentar" e,   se assim o entender basta escrever "sim" ou "não"

Contacto com o autor: clicando aqui
Viva Lisboa: Apreensivo
publicado por Vítor Marceneiro às 20:29
link do post | comentar | favorito
12 comentários:
De Anónimo a 24 de Julho de 2008 às 01:09
Claro que vale a pena continuar. É um blogue com muito interesse, sobretudo no que se refere ao Fado e a Lisboa.
Força, porque este blogue é já um elemento de consulta para assuntos que abordem o Fado.
Parabéns
Chico Fadista
De José Francisco a 24 de Julho de 2008 às 11:02
Como interessado em tudo o que diga respeito a fado, nem quero pensar que vai parar.
Mas espero ver bastantes visitantes que usam o seu trabalho, nomeadamente rádios, draem-lh um sim.
J. Francisco
De Cláudia Tulimoschi a 24 de Julho de 2008 às 14:20
Querido amigo. Parar? De jeito nenhum. O que você tem feito, o que você construiu não pode em hipótese nenhuma parar. Temos que continuar sempre, contra, a favor, ou apesar de tudo, mas manter vivos nossos ideais e nossos projetos , porque eles vêm de nosso mais profundo desejo de contribuir com a cultura. Nem acredito que isso lhe passou pela cabeça! SIM, SIM, SIM, "Tudo vale a pena se a alma não é pequena", e a tua com certeza não é! Sucesso sempre, nosso carinho e admiração.
De Francisco Pinteus a 24 de Julho de 2008 às 22:52
O objectivo que perseguimos não pode ser sensível aos obstáculos; os escolhos, que sempre os há, só devem contribuir para o fortaleciomento da nossa vontade para atingir o objectivo.
Lembro-me sempre de uma frase que me acompanha desde a infância: "O vale é de quem o florir"
Um abraço do
Pinteus
De Luís Gomes a 25 de Julho de 2008 às 20:18
Amigo Victor Marceneiro, daqui de casa são 5 a dizer que SIM. Até o Eduardo! veja bem...

Um grande abraço de todos nós para si e para a sua linda e simpática família.

Luís Gomes
Suiça

De MÁRIO CARMONA a 27 de Julho de 2008 às 03:12
Claro que "SIM"
De juliana a 28 de Julho de 2008 às 10:59
visito a sua pagina todos os meses acho muito interesante.
tem que continuar, continue em frente
juliana,lausanne suica
De Domingos Mesias a 28 de Julho de 2008 às 16:16
sim, nosso amigo...
da vida,
do fado,
da poesia,
e do amor a Lisboa.
Domingos Mesias.
De jgferreira a 31 de Julho de 2008 às 04:33
Sr. Duarte: Voce e uma referencia do fado para os que estao longe, nao sao de Lisboa.nao pertencem a "lobbies", nao sao aristocratas nem filhos de p.; porque o fado, caro senhor. nao e o espelho da alma portuguesa porque a Severa ou seus amantes "asssinalados" o cantaram, mas sim porque grandes e nobres espiritos- de Camoesa aAry dos Santos a A. Aleixo- viram o mundo e o povo que os rodeava. E houve gente que sem saber musica (um marceneiro que voce talvez nao conheva), musicou muitos poemas e vozes que cantaram "O cavador", "Aalma do ganhao". "Povo que lavas no rio". "O emigrante" e as"Chinelas da Mouraria". Sr. Duarte, "ha sempre alguem que diz 'nao'", mas eu digo "SIM". Voce e a "candeia" que "semeia cancoes no vento que passa", por nao ser um catedratico (de nariz arrebitado) e ser acessivel e aberto. CONTINUE!
De Victor Lopes a 31 de Julho de 2008 às 13:14
Boa tarde amigo, só para lhe dar uma força... SIM!
Tenho 2 filhotes e este seu "livro" (blog), é-me de uma grande ajuda para poder transmitir um vasto saber, que é o seu no mundo do fado.

Mais um grande obrigado e espero poder um dia destes beber um copo em sua companhia.

Abraço, Victor Lopes, Suiça.

Comentar post

Clique aqui para se inscrever na
Associação Cultural de Fado

"O Patriarca do Fado"
Clique na Foto para ver o meu perfil!

arquivos

Dezembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Aguarelas gentilmente cedidas por MESTRE REAL BORDALO. Proibida a sua reprodução

tags

10 anos de saudade

2008

50 anos de televisão

ada de castro

adega machado

adelina ramos

alberto ribeiro

alcindo de carvalho

alcino frazão

aldina duarte

alfredo correeiro

alfredo duarte jr

alfredo duarte jr.

alfredo duarte júnior

alfredo marcemeiro

alfredo marceneiro

alice maria

amália

amália no luso

amália rodrigues

américo pereira

amigos

ana rosmaninho

angra do heroísmo

anita guerreiro

antónio dos santos

antónio melo correia

antónio parreira

argentina santos

armanda ferreira

armandinho

armando boaventura

armando machado

arménio de melo - guitarrista

artur ribeiro

árvore de natal

ary dos santos

aurélio da paz dos reis

avelino de sousa

beatriz costa

beatriz da conceição

berta cardoso

carlos conde

carlos escobar

carlos zel

dia da mãe

dia do trabalhador

euclides cavaco

fadista

fado

fado bailado

fados da minha vida

fados de lisboa

feira da ladra

fernando farinha

fernando maurício

florência

gabino ferreira

guitarra portuguesa

guitarrista

helena sarmento

hermínia silva

herminia silva

joão braga

josé afonso

júlia florista

linhares barbosa

lisboa

lisboa no guiness

lucília do carmo

magusto

manuel fernandes

marchas populares

maria da fé

maria josé praça

maria teresa de noronha

max

mercado da ribeira

miguel ramos

noites de s. bento

oficios de rua

óleos real bordalo

paquito

patriarca do fado

porta de s. vicente ou da mouraria

pregões de lisboa

raul nery

real bordalo

santo antónio de lisboa

santos populares

são martinho

teresa silva carvalho

tereza tarouca

tristão da silva

vasco rafael

vítor duarte marceneiro

vitor duarte marceneiro

vítor marceneiro

vitor marceneiro

zeca afonso

todas as tags