Terça-feira, 11 de Fevereiro de 2014

JOSÉ LUIS NOBRE COSTA - GUITARRISTA

Nascido em Lisboa, na freguesia de S. Sebastião da Pedreira, em 1948, José Luís Nobre Costa é um dos mais prestigiados guitarristas portugueses e já acompanhou várias gerações de fadistas, quer em gravações, quer em concertos. É uma referência obrigatória para todos os que começam a cantar fados ou a tocar guitarra portuguesa.

 Não chegou a conhecer o avô paterno que tocava guitarra como amador, mas ainda brincou com a guitarra dele, em casa de seus pais, que gostavam muito de Fado, escutando-o em programas de rádio ou nas vozes dos fadistas que constavam da sua razoável colecção de discos.

José Luís habituou-se assim a ouvir fados desde muito novo e cedo começou a escolher os seus ídolos na música fadista, quer cantada quer tocada.

 Estudou na Escola Eugénio dos Santos, chegou a pedir ao pai para lhe arranjar quem lhe ensinasse a tocar guitarra, mas não teve muita sorte pois o seu progenitor receou que ele descurasse os estudos por esse motivo.

 A partir dos treze anos começou a juntar o dinheiro das semanadas, calou-se bem caladinho e, quando amealhou duzentos e cinquenta escudos, comprou uma guitarra. Perante esta perseverança, seu pai cedeu e apresentou-o a um professor, Raul Silva, cujo irmão, Arménio, era violista profissional, fazendo parelha com Carlos Paredes.

No entanto, havia na família de José Luís um guitarrista profissional, de seu nome Alfredo Rodrigues, que começa a levá-lo a sessões onde vai participar e deixa-o sentar ao seu lado, para ir vendo e aprendendo os movimentos dos dedos na guitarra. Nobre Costa vai assim, a pouco e pouco, aperfeiçoando os seus conhecimentos do instrumento.

Com o correr dos anos da adolescência, passa a fazer parte de um grupo de boémios amadores de Fado, “Os Feiticeiros”, que integrava fadistas e tocadores, cujos pontos de encontro eram os restaurantes “Pote” ou “A Alga”, no bairro de Alvalade, onde decorriam as suas fadistices. Mais tarde, em 1969, estreia-se como profissional no restaurante típico “O Faia”, ao Bairro Alto, tocando ao lado de nomes como o violista Orlando Silva e dos guitarristas Ilídio dos Santos (o “Very Nice”) e Fernando Freitas, um mestre, dos autênticos, da guitarra portuguesa, com quem muito aprende e que lhe dá apoio decisivo. 

Seguidamente vai para a “Taverna do Embuçado”, em Alfama, onde se junta a uma parelha da sua predilecção: José Fontes Rocha, na guitarra, e Pedro Leal, na viola. 

Pouco tempo depois, é convidado para ser guitarrista privativo do Casino Estoril, onde se mantém cerca de vinte e três anos, tocando a solo ou a acompanhar grandes nomes do Fado, sem se afastar de outros palcos em espectáculos fadistas.

Tem vindo a contribuir para a descoberta de inúmeros valores dentro do Fado, como Mafalda Arnauth ou Raquel Peters, sendo Isabel "Cuca" Roseta ou Tânia Oleiro, os casos mais visíveis e mais recentes. Desde há muitos anos que acompanha João Braga, mas nos últimos 18 integrou sempre o grupo de músicos dos seus álbuns e quase sempre o dos seus concertos e programas de televisão.

Iniciou a sua actividade como solista e acompanhante de guitarra portuguesa em 1965, sem interrupções até aos dias de hoje e participou em centenas de gravações em disco, em vídeo, na televisão ou no cinema, com quase todas as figuras do canto e da música fadista, das quais se destacam a que protagonizou, com vinte anos apenas, ao lado do lendário Alfredo Marceneiro, na que foi a sua estreia em televisão, no documentário que a RTP realizou, em 1969. A cena em que interveio constituiu um dos melhores momentos do programa, quando o velho mestre canta, em estilo de desgarrada, ao desafio com a malograda Ana Rosmaninho; o outro momento alto do seu currículo é durante a que passa por ser a melhor cena, senão a única, aquela em que o Fado é mostrado, no controverso documentário de Carlos Saura, "Fados", numa sequência que foi titulada como "Casa de Fado".

 Completou as gravações do seu primeiro álbum, "Há Guitarra", que será editado brevemente.

 Texto de João Braga

José Luis Nobre Costa faleceu a 11 de Fevreiro de 2014

 

 

Foto da esquerda, José Luìs Nobre Costa com Alfredo Marceneiro no inicio da sua carreira.

Foto á direita,  Leonor a mulher de José Luís Nobre Costa,  com Alfredo Duarte 4ª Geração de Marceneiro, ao colo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                    

 

Video-Clipe numa variação de Fado

acopanhado à viola por Jaime Santos Jr. e viola-baixo por Tó Moliças

 

Contacto com o autor: clicando aqui
Viva Lisboa:
música: Variação sobre o Fado
publicado por Vítor Marceneiro às 00:00
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Casas para venda a 13 de Fevereiro de 2014 às 21:11
sem duvidas um dos grandes

Comentar post

Clique aqui para se inscrever na
Associação Cultural de Fado

"O Patriarca do Fado"
Clique na Foto para ver o meu perfil!

arquivos

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Site Portugues
Aguarelas gentilmente cedidas por MESTRE REAL BORDALO. Proibida a sua reprodução

tags

10 anos de saudade

2008

50 anos de televisão

ada de castro

adega machado

adelina ramos

alberto ribeiro

alcindo de carvalho

alcino frazão

aldina duarte

alfredo correeiro

alfredo duarte jr

alfredo duarte jr.

alfredo duarte júnior

alfredo marcemeiro

alfredo marceneiro

alice maria

amália

amália no luso

amália rodrigues

américo pereira

amigos

ana rosmaninho

angra do heroísmo

anita guerreiro

antónio dos santos

antónio melo correia

antónio parreira

argentina santos

armanda ferreira

armandinho

armando boaventura

armando machado

arménio de melo - guitarrista

artur ribeiro

árvore de natal

ary dos santos

aurélio da paz dos reis

avelino de sousa

beatriz costa

beatriz da conceição

berta cardoso

carlos conde

carlos escobar

carlos zel

dia da mãe

dia do trabalhador

euclides cavaco

fadista

fado

fado bailado

fados da minha vida

fados de lisboa

feira da ladra

fernando farinha

fernando maurício

florência

gabino ferreira

guitarra portuguesa

guitarrista

helena sarmento

hermínia silva

herminia silva

joão braga

josé afonso

júlia florista

linhares barbosa

lisboa

lisboa no guiness

lucília do carmo

magusto

manuel fernandes

marchas populares

maria da fé

maria josé praça

maria teresa de noronha

max

mercado da ribeira

miguel ramos

noites de s. bento

oficios de rua

óleos real bordalo

paquito

patriarca do fado

porta de s. vicente ou da mouraria

pregões de lisboa

raul nery

real bordalo

santo antónio de lisboa

santos populares

são martinho

teresa silva carvalho

tereza tarouca

tristão da silva

vasco rafael

vítor duarte marceneiro

vitor duarte marceneiro

vítor marceneiro

vitor marceneiro

zeca afonso

todas as tags