Segunda-feira, 18 de Agosto de 2014

MARIA DA NAZARÉ

 Maria da Nazaré Martins, nasceu no Barreiro no dia 9 de Fevereiro de 1946.

Aos 12 anos veio com a mãe para Lisboa,  passaram a habitar no  Bairro de Campo de Ourique.

O Fado estava-lhe na alma, começa a cantar muito cedo nos serões de amigos, em colectividades  e mais tarde é integrada nas sessões para trabalhadores organizadas pela FNAT. (Actual INATEL)

Nos  anos sessenta, venceu por duas vezes a Grande Noite do Fado, que era organizada pela casa da imprensa no Coliseu.

Corria o ano de 1963 com 17 anos de idade, foi contratada pela Emissora Nacional. Percorreu  o país a cantar em “embaixadas de artistas” que actuavam ao vivo nos teatros das localidades,  nos chamados  serões para trabalhadores, que também eram transmitidos pela via rádio pela EN.

Editou vários discos a solo, mas também em colaboração com o cavaleiro José Mestre Batista e Fernando Farinha.

A sua vida artística tem-na levado a percorrer vários pontos do globo, Brasil, Angola, Moçambique, Grande Bretanha, Bélgica, Finlândia, Suécia, Dinamarca, Espanha, onde a todos eles levava um pouco desta música que percorre as ruas Lisboa.

Em Portugal tem actuado em espectáculos por todo o país, e tem várias actuações no Casino do Estoril, Expo 98, Centro Cultural de Belém, assim como também já fez vários programas em televisão

Foi artista contratada nas mais prestigiadas casas de Fado, no Arreda em Cascais, na Taverna do Embuçado, no Lisboa à Noite, Senhor Vinho, Clube de Fado e actualmente está há cerca de seis anos no Bacalhau de Molho.

Gravou vários discos a que deu os títulos:

 

Cada um para seu lado

Lá vai ele atrás de ti

Saudades tenho-as aos montes

Meu grande, grande amor

Ser Fadista

Em 2013 foi galardoadad na VII Gala Amália com o Prémio de Intérprete

Conheço a Maria da Nazaré desde muito jovem, eu e a toda a minha família nutrimos uma grande estima e amizade pela Maria da Nazaré,  o meu avô gostava imenso de ouvir cantar, afirmou várias vezes que a Maria era para ele, a mulher que melhor cantava o Fado Menor.

 Conheço também uma sua filha, a Joana Cruz, que também canta muito bem o Fado, embora não faça neste momento profissão a cantá-lo. Sou também amigo de há muitos anos de seu pai, conhecemo-nos  no Bacalhau de Molho do tempo do Álvaro,  e posso dizer-vos que é uma jovem com muito mérito.

 

Poema da autoria de Maria da Nazaré, em que nos transmite, porque canta o Fado.

 

CANTO PORQUE CANTAR O FADO
É CANTAR A COMPLEXIDADE DOS SENTIMENTOS
QUE ANIMAM O CORPO E A ALMA.
CANTO PORQUE CANTAR O FADO É CANTAR O AMOR,
INCONDICIONALMENTE
DEDICADO A ALGO OU ALGUÉM.
CANTO PORQUE CANTAR O FADO É CANTAR O CIÚME,
SENTIMENTO FUNDAMENTAL E SEMPRE PRESENTE QUANDO SE AMA.

CANTO PORQUE CANTAR O FADO É CANTAR O MEU PAÍS,
AS GENTES E A SUA CULTURA,
PORQUE CANTAR O FADO É EXPRIMIR
O SONHO E A DOR DO OUTRO,
O SONHO E A DOR DE QUEM CANTA,
PORQUE CANTAR O FADO É EXORCIZAR A ALMA DO MEU PAÍS.
CANTO PORQUE CANTAR O FADO É CANTAR OS CHEIROS E OS OLHARES,
AS ALEGRIAS E AS TRISTEZAS QUE PERCORREM
AS RUAS E VIELAS DE LISBOA,
ONDE MORA O FADO,
AS RUAS E VIELAS QUE PALMILHO DESDE MENINA.
CANTO PORQUE CANTAR O FADO É CANTAR A MOURARIA,
A ALFAMA E O ALTO DE PINA,
É CANTAR A MADRAGOA E O CAMPO DE OURIQUE.
PORQUE CANTAR O FADO É CANTAR A SAUDADE.
CANTO PORQUE CANTAR O FADO É CANTAR
A SAUDADE FEITA CANTO.
POR ISSO CANTO, POR ISSO AINDA SONHO CANTANDO.

 

 

Maria da Nazaré canta:

Quem me dera ser o Fado

Letra de Rui M.J. Oliveira

Música: Fado Versículo de Alfredo Marceneiro 

 

Contacto com o autor: clicando aqui
Viva Lisboa: Grande Fadista
música: Quem me dera ser o Fado
publicado por Vítor Marceneiro às 00:00
link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De joana cruz a 1 de Setembro de 2010 às 22:34
alô amigo Vitó! foi com muita satisfação que vi que fizeste um post dedicado á minha mãe! pela minha parte , obrigada pois é sempre bom não nos esquecermos de quem realmente tem valor neste nosso meio fadista! e já agora, nos nomes dos discos que ela gravou dois erros : não é «cada um» mas sim CADA UM PARA SEU LADO e não é «saudades tenho-as ao mundo» mas sim SAUDADES TENHO-AS AOS MONTES ;) UM BEIJINHO GRANDE
De Orlando Dias Agudo a 23 de Novembro de 2010 às 11:31
Alguem no Facebook anda em busca de uma informação: quem são os autores da "Lenda de uma Guitarra" cantada por Maria da Nazaré.
Pode ajudar?
De Vítor Marceneiro a 23 de Novembro de 2010 às 16:28
Eugénia Teles música, Ermegildo Figueiredo o poema. Título Lenda "duma" Guitarra.
De Orlando Dias Agudo a 23 de Novembro de 2010 às 17:24
Muito obrigado
De Américo a 24 de Novembro de 2010 às 18:28
Victor sou eu que procurava e alguém tentava ajudar no faccebok , pois editei um vídeo com a Maria da Nazaré "A Lenda de uma Guitarra" e não sabia os autores, vou agradecer ao Orlando o ter-te posto a questão e fico.-te caro Victor muito grato por tal. Aquele abraço. Américo
De Américo a 24 de Novembro de 2010 às 18:35
Obrigado caro Senhor. Sou o Américo, e era eu que procurava esses autores, alguém amigo tentou ajudar e colocou no facebook.
vou já editar no vídeo essa informaçao que o Victor Marceneiro teve a gentileza de ajudar. Um abraço e muito obrigado. Américo
junto o link do Vídeio

http://www.youtube.com/watch?v=qP3jzVVy1JI
De Ana a 14 de Dezembro de 2016 às 20:14
Yo quisiera saber si tu madre es profesora de fado....quisiera ir a Lisboa y aprender bien los fados....obrigada.bxx
De joana cruz a 2 de Setembro de 2010 às 21:52
obrigada :) és um querido! até breve

Comentar post

Clique aqui para se inscrever na
Associação Cultural de Fado

"O Patriarca do Fado"
Clique na Foto para ver o meu perfil!

arquivos

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Site Portugues
Aguarelas gentilmente cedidas por MESTRE REAL BORDALO. Proibida a sua reprodução

tags

10 anos de saudade

2008

50 anos de televisão

ada de castro

adega machado

adelina ramos

alberto ribeiro

alcindo de carvalho

alcino frazão

aldina duarte

alfredo correeiro

alfredo duarte jr

alfredo duarte jr.

alfredo duarte júnior

alfredo marcemeiro

alfredo marceneiro

alice maria

amália

amália no luso

amália rodrigues

américo pereira

amigos

ana rosmaninho

angra do heroísmo

anita guerreiro

antónio dos santos

antónio melo correia

antónio parreira

argentina santos

armanda ferreira

armandinho

armando boaventura

armando machado

arménio de melo - guitarrista

artur ribeiro

árvore de natal

ary dos santos

aurélio da paz dos reis

avelino de sousa

beatriz costa

beatriz da conceição

berta cardoso

carlos conde

carlos escobar

carlos zel

dia da mãe

dia do trabalhador

euclides cavaco

fadista

fado

fado bailado

fados da minha vida

fados de lisboa

feira da ladra

fernando farinha

fernando maurício

florência

gabino ferreira

guitarra portuguesa

guitarrista

helena sarmento

hermínia silva

herminia silva

joão braga

josé afonso

júlia florista

linhares barbosa

lisboa

lisboa no guiness

lucília do carmo

magusto

manuel fernandes

marchas populares

maria da fé

maria josé praça

maria teresa de noronha

max

mercado da ribeira

miguel ramos

noites de s. bento

oficios de rua

óleos real bordalo

paquito

patriarca do fado

porta de s. vicente ou da mouraria

pregões de lisboa

raul nery

real bordalo

santo antónio de lisboa

santos populares

são martinho

teresa silva carvalho

tereza tarouca

tristão da silva

vasco rafael

vítor duarte marceneiro

vitor duarte marceneiro

vítor marceneiro

vitor marceneiro

zeca afonso

todas as tags