Quarta-feira, 21 de Setembro de 2011

Helena Sarmento - Noites de S. Bento - Casa de Amália

 

Nasceu a 23 de Agosto de 1981, em Lamego. Vive no Porto, uma das cidades do seu Coração, desde 2004.

Aos 13 anos foi vocalista dos “Clepsidra”.

O Fado seduziu-a quando descobriu Amália. Como todos os grandes amores, a paixão foi imediata, mas a corte longa. Desde 2003 o pop-rock ficou cada vez mais distante e no seu lugar surgiu o envolvimento por essa nova expressão, vinda de um lugar desconhecido e longínquo que o não sabia dentro de si.

Desde aí, foram muitas as experiências a que o Fado a levou. De entre elas, recorda a de ter sido cantora residente do Hotel Lamego no ano de 2005 e ter cantado em diversas ocasiões e locais, sobretudo no Norte de Portugal: Lamego (onde já fez inúmeras actuações, incluindo no Teatro Ribeiro da Conceição e no Parque Isidoro Guedes), Porto, Régua, Vila Real, Torre de Moncorvo, Tabuaço, Resende. Recentemente, esteve presente na 11.ª Xantar em Ourense, no Dia do Douro, a convite do Turismo do Douro; em Moaña, por ocasião das festas da Semana do Mar; na cerimónia de inauguração da Confraria Gastronómica de Lamego; em Abril de 2010 interpretou o fado “Meu amor, meu amor (meu limão de amargura) ”, acompanhada pela Orquestra do Norte, dirigida pelo Maestro Ferreira Lobo.

Por dentro do Fado guardou sempre lugar para outras expressões musicais que a comprometem com a vida. Nessa medida, participou activamente, enquanto cantora, no âmbito do projecto 80 anos de Zeca, em diversas tertúlias e concertos na cidade do Porto e, muito especialmente, no concerto evocativo do último concerto de Zeca Afonso que decorreu em 29 de Maio de 2010, no Coliseu do Porto.

É licenciada em Direito e divide a sua vida entre a Advocacia e a Música, ocupando esta um lugar cada vez mais relevante.

Mas o Fado não é apenas um feitiço; é um segredo que quanto mais se canta mais se conta e mais secreto fica. Perceber-lhe o sentido, a importância e a forma como nele se vive demorou a distância dos anos necessários até à descoberta de um caminho próprio.

E esse caminho revelou-se percorrendo o trilho de todos o mais percorrido: o dos fados tradicionais. Por esse caminho veio a encontrar-se consigo mesma, compreendendo que o Fado está também nas palavras que a voz é capaz de conter. Desse encontro resultou um disco, FADO AZUL. A maior parte das suas 13 faixas são fados clássicos ou tradicionais, cantados com palavras novas, escritas especialmente para si; as palavras que, se soubesse escrevê-las, seriam as que quereria cantar. Ao seu lado, dois covers de temas de duas figuras maiores do panorama cultural/musical português e suas irrenunciáveis referências: Amália Rodrigues e José Afonso.

Os poemas originais foram escritos por joão gigante-ferreira e por Joaquim Sarmento.

Nas palavras de Fernando Dacosta, que prefacia o álbum, (…) “Helena Sarmento afirma-se, pelo estilo próprio, voz singular, repertório original, comunicabilidade envolvente, uma referência nesse movimento já irreversível. O seu presente CD coloca-a, a partir de agora, na primeira linha dos fadistas fadados para puxar-nos o futuro.”

Samuel Cabral (a quem competiu a direcção musical), Paulo Faria de Carvalho e Sérgio Marques são os extraordinários músicos que deram voz à guitarra portuguesa, à viola de fado e ao contrabaixo, respectivamente.

O primeiro avanço do disco é a faixa n.º 2 “Fado dos meus passos” e o segundo a faixa n.º 11 “Respiração”, escritos para as músicas do Fado Menor e do Fado Vitória, cuja audição integral é acessível em


http://www.myspace.com/ahelenasarmento

http://www.facebook.com/helenasarmento

 

 

Helena Sarmento estrá na próxima 6ª Feira em S. Bento

 

Contacto com o autor: clicando aqui
publicado por Vítor Marceneiro às 22:05
link do post | comentar | favorito
Clique aqui para se inscrever na
Associação Cultural de Fado

"O Patriarca do Fado"
Clique na Foto para ver o meu perfil!

arquivos

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Site Portugues
Aguarelas gentilmente cedidas por MESTRE REAL BORDALO. Proibida a sua reprodução

tags

10 anos de saudade

2008

50 anos de televisão

ada de castro

adega machado

adelina ramos

alberto ribeiro

alcindo de carvalho

alcino frazão

aldina duarte

alfredo correeiro

alfredo duarte jr

alfredo duarte jr.

alfredo duarte júnior

alfredo marcemeiro

alfredo marceneiro

alice maria

amália

amália no luso

amália rodrigues

américo pereira

amigos

ana rosmaninho

angra do heroísmo

anita guerreiro

antónio dos santos

antónio melo correia

antónio parreira

argentina santos

armanda ferreira

armandinho

armando boaventura

armando machado

arménio de melo - guitarrista

artur ribeiro

árvore de natal

ary dos santos

aurélio da paz dos reis

avelino de sousa

bairros de lisboa

beatriz costa

beatriz da conceição

berta cardoso

carlos conde

carlos escobar

carlos zel

dia da mãe

dia do trabalhador

euclides cavaco

fadista

fado

fado bailado

fados da minha vida

fados de lisboa

fernando farinha

fernando maurício

fernando pessoa

florência

gabino ferreira

guitarra portuguesa

guitarrista

helena sarmento

hermínia silva

herminia silva

joão braga

josé afonso

júlia florista

linhares barbosa

lisboa

lisboa no guiness

lucília do carmo

magusto

manuel fernandes

marchas populares

maria da fé

maria josé praça

maria teresa de noronha

max

mercado da ribeira

miguel ramos

noites de s. bento

oficios de rua

óleos real bordalo

paquito

porta de s. vicente ou da mouraria

pregões de lisboa

raul nery

real bordalo

santo antónio de lisboa

santos populares

são martinho

teresa silva carvalho

tereza tarouca

tristão da silva

vasco rafael

vítor duarte marceneiro

vitor duarte marceneiro

vítor marceneiro

vitor marceneiro

zeca afonso

todas as tags