Quarta-feira, 11 de Fevereiro de 2015

CÉLIA PEDRO - Brasileira de nescença- Fadista de Alma e Coração

Célia Pedro, nasceu na cidade de Itajaí no Brasil, Estado de Santa Catarina, a 9 de Fevereiro de 1955.

Itajaí  fica no sul do Brasil e foi colonizada essencialmente por portugueses oriundos dos  Açores, tendo actualmente  também uma forte influência de habitantes de origem alemã.

Em Itajaí são muito enaltecidas em festas, em convénios,  as tradições portuguesas,  em particular o folclore e costumes açorianos, mas o Fado também é muito apreciado.

Itajaí é  uma cidade muito acolhedora. Como português mal cheguei senti-me muito acarinhado.

Célia Pedro tem nas suas origens antepassados alemães pela parte do avô paterno, e portugueses da parte da avò materna. A  comunidade portuguesa é mais antiga, uma vez que os alemães começaram a emigrar a partir dos   anos  trinta do século XX, para fugir aos horrores da guerra, e do nazismo.

Seus pais já nascidos e criados em Itajaí, sentiram-se sempre muito mais ligados às tradições lusitanas.

Célia teve seis irmãos e desde muito pequena que era considerada o “canarinho da casa”, pois passava o tempo a cantar.

Na escola sempre se integrava em  todos os eventos com predominância de canto. Tinha 14 anos, a escola organizou um Festival/Concurso, em que os alunos para concorrerem tinham de apresentar um poema e música inédita de sua autoria. Célia Pedro concorreu e ficou em primeiro lugar.

Acabou os seu estudos, e concorreu para funcionária dos correios, onde foi admitida,  e onde se manteve até à sua recente aposentação. Durante todos este anos sempre se manteve ligada à música, sempre que podia estava  cantarolando,  passando  a ser conhecida pelos colegas e os utentes dos correios como “A Mulher que Canta”, como ainda hoje assim é lembrada. 

Célia começou a cantar mais assiduamente e a ser solicitada com mais frequência a partir de 1996, altura em que  passou por uma fase muito difícil da sua vida, é  nesta fase que  descobre, e  afirma : —  que achou,  um bálsamo para as suas mágoas, pois ouviu casualmente a melodia da guitarra portuguesa,  afirma convictamente, que é  partir daí, que através daquela melodia e nos poemas de Fado, que ganhou uma força anímica, que a ajudou a ultrapassar os contratempos. O Fado, tranquilizava-lhe  a alma, tendo começado avidamente a  interessar-se por tudo o que falasse de Fado… e para meu deleite afirma-me: 

— Sabes Vítor? O Fado para mim é  “UM ESTADO DE ALMA”, e logo me diz os seguintes versos

O Fado é noite, desperta dos confins do sofrimento
Também é vida, liberta para dançar comigo ao vento
Sua lágrima é sem tino, sonha as ruas da cidade
Sempre ao lado do destino é regado na saudade

Vivendo numa comunidade em que a presença de Portugal tem muita  expressão, começa a aprender letras e músicas  de Fados, a adquirir todos os discos que encontra,  apaixonando-se por Amália, e mais algumas figuras do mundo fadista, e é com muito orgulho que igualmente me comunica, que quando descobriu o blogue “Lisboa no Guiness”, nunca mais deixou de o visitar e… não escrevo mais, pois esta página  é sobre ela. 

Começa a idealizar gravar um disco só de  Fados, e o  sonho  concretiza-se, com o apoio do departamento de cultura da Prefeitura de Itajaí. 

Simultaneamente com o lançamento do cd, é mais uma vez contratada para actuar  na grande festa anual de Itajaí,  apelidada de “Marejada”, evento que é considerado a maior festa portuguesa e do pescado do Brasil, atraindo   milhares de visitantes de outros estados,  assim como dos países vizinhos. Esta festa é anual  e acontece no mês de  Outubro, dura cerca de dez a quinze dias.

Ainda hesitou, o que julgou  ser uma ”loucura”  gravar um Cd, mas avança e  nesse ano, decide fazer o que julgava ser outra “loucura”, na sua actuação na “Marejada” cantar só Fado, mas teve um êxito redundante. 

 Visite o sitio de Itajaí - http://www.visiteitajai.com.br/

A Prefeitura de Itajaí já considera Célia Pedro um elemento indispensável no panorama cultural nas festas e eventos da cidade, tal é a sua popularidade junto dos seus contemporâneos, assim como os turistas que Itajaí. 

Com o Fado, mais se aproxima da comunidade portuguesa, e devora toda a informação que obtém sobre Portugal e os Açores, o que a leva a aderir e a dinamizar uma associação a que deram a designação de: Associação Luso Açoriana Itajaí – A.L.A.I., e que como se pode verificar nas fotos nesta página,  a sede é na sua própria casa. 

A sua paixão pela cultura lusitana, com o seu entusiasmo, consegue ter um programa semanal, na TV Regional de Itajaí, “PROGRAMA LUSITANO” onde tive a honra de ser seu convidado, em que os temas são sobre Portugal e a nossa cultura. 

 

 

Aqui vos apresento um video-clip que retirei de uma gravação em DVD, passando por cima da dialéctica, que é a sua pronuncia natural, ninguém poderá negar que esta mulher… é fadista de alma e coração.

Vítor Marceneiro
 
  Célia Pedro
canta: Canção do Mar
Letra de Frederico de Brito
Música de Ferrer Trindade
Piano e teclados: Cristiano Mendonça
Guitarra portuguesa: Alcides dos Anjos
Viola de acompanhamento: Ruy A. Silva
Cavaquinho: Celso Morais Borges
Apoio à produção: Perfeitura de Itajaí e Fundação Cultural de Itajaí
 
Contacto com o autor: clicando aqui
música: Tudo isto é fado
publicado por Vítor Marceneiro às 00:00
link do post | comentar | favorito
Clique aqui para se inscrever na
Associação Cultural de Fado

"O Patriarca do Fado"
Clique na Foto para ver o meu perfil!

arquivos

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Site Portugues
Aguarelas gentilmente cedidas por MESTRE REAL BORDALO. Proibida a sua reprodução

tags

10 anos de saudade

2008

50 anos de televisão

ada de castro

adega machado

adelina ramos

alberto ribeiro

alcindo de carvalho

alcino frazão

aldina duarte

alfredo correeiro

alfredo duarte jr

alfredo duarte jr.

alfredo duarte júnior

alfredo marcemeiro

alfredo marceneiro

alice maria

amália

amália no luso

amália rodrigues

américo pereira

amigos

ana rosmaninho

angra do heroísmo

anita guerreiro

antónio dos santos

antónio melo correia

antónio parreira

argentina santos

armanda ferreira

armandinho

armando boaventura

armando machado

arménio de melo - guitarrista

artur ribeiro

árvore de natal

ary dos santos

aurélio da paz dos reis

avelino de sousa

bairros de lisboa

beatriz costa

beatriz da conceição

berta cardoso

carlos conde

carlos escobar

carlos zel

dia da mãe

dia do trabalhador

euclides cavaco

fadista

fado

fado bailado

fados da minha vida

fados de lisboa

fernando farinha

fernando maurício

fernando pessoa

florência

gabino ferreira

guitarra portuguesa

guitarrista

helena sarmento

hermínia silva

herminia silva

joão braga

josé afonso

júlia florista

linhares barbosa

lisboa

lisboa no guiness

lucília do carmo

magusto

manuel fernandes

marchas populares

maria da fé

maria josé praça

maria teresa de noronha

max

mercado da ribeira

miguel ramos

noites de s. bento

oficios de rua

óleos real bordalo

paquito

porta de s. vicente ou da mouraria

pregões de lisboa

raul nery

real bordalo

santo antónio de lisboa

santos populares

são martinho

teresa silva carvalho

tereza tarouca

tristão da silva

vasco rafael

vítor duarte marceneiro

vitor duarte marceneiro

vítor marceneiro

vitor marceneiro

zeca afonso

todas as tags