Segunda-feira, 19 de Janeiro de 2015

FLORÊNCIA - Homenagem ao PORTO - CIDADE INVICTA

Foi minha preocupação, ao  " trazer " a este blog, grandes artistas, que são uma referência da linda cidade do Porto, homenagear também, através deles, todos os amantes do fado, uma vez, que, sei o quanto o Fado é apreciado na Cidade Invicta, que nos deu vozes como a de Florencia, Toni de Matos, Beatriz da Conceição e Maria da Fé, entre tantos outros e outras artistas, que embora não sendo profissionais, em muito contribuem, para que o Fado continue bem "vivo", mantendo-se assim a tradição, que vem já de 1949, ano em que se realizou pela primeira vez o Concurso das Cantadeiras do Norte de Portugal. 

Este video-clip é pois a minha sincera homenagem às gentes do Porto (Tripeiros).
Com imagens da vossa linda Cidade,  e penso que muito a propósito musicado com a voz da "nossa/vossa" Florência.
Permitam-me um agradecimento muito especial a um amigo do Porto, Fernando Batista que  me tem dado um apoio,  a todos os níveis extraordinário. 
 

Video-Clip: Homenagem ao Porto - Maria Tripeira
Declama e canta: Florência
Produção e Realização: Vítor Duarte Marceneiro
Fotos de Florência: De um amigo e admirador que quer manter o anonimato
Fotos e Slides do Porto: Cedidos por Fernando Batista, Postais Ilustrados e Arquivos da C.M.P.
 
 Nota: Esta página foi publicada inicialmnte a 31 de Agosto de 2007
Contacto com o autor: clicando aqui
música: Maria Tripeira
publicado por Vítor Marceneiro às 20:00
link do post | comentar | favorito
16 comentários:
De Maria de Jesua a 1 de Setembro de 2007 às 15:15
Meu caro Vítor

Palavras para quê, talvez por isso eu que visito tudo o que fala de Fado, verifico que o seu trabalho é o menos comentado!
Pensei, e cheguei a uma conclusão:
Não vi ninguém do Fado (leia-se fadistas) fazer-lhe qualquer comentário, estranho!
Só pode ser despeito.
Os outros penso que acham que não vale a pena comentar, não há nada para dizer, está bem feito e com profissionalismo.
Mas é pena, pois penso que toda a gente gosta de ser elogiado e ou criticado, quando faz um trabalho deste tipo.
Espero continuar a ter a sua página par ler.
Um beijo
Maria de Jesus
De mlcastanheira@hotmail.com a 1 de Setembro de 2007 às 17:31
Antes nao comentem! Fadistas a preocuparem-se em saber do fado! Faça-se excepçao a um grupo restrito a classe fadista é dessinteressada.
De mlcastanheira@hotmail.com a 1 de Setembro de 2007 às 17:35
Do Porto vieram grandes valores e vozes! A Florência está claro! A Maria da Fé, a Natércia da Conceiçao e muitos outros! Bem vinda esta homenagem à urbe portuguense e ao seu laborioso povo!
De Manuel Mendes a 2 de Setembro de 2007 às 15:22
Sempre julguei que o blog fosse sobre Lisboa e as suas cantigas. O que se vê já é Porto e quase sempre fados e fadistas! Arranje um blog sobre isso ou um site, já que sabe tanto e recebe tantos elogios! Além do mais tem contactos no meio!
De Vítor Marceneiro a 2 de Setembro de 2007 às 16:26
Muito obrigado pelo seu cuidado.
Lisboa e o meu projecto não estão em risco.
São comentários como seu "completamente despropositado" que fazem que eu saiba que estou a servir bem o FADO.
Lisboa é a Capital do Fado, é a cidade mais cantada no mundo, mas o Fado como expressão popular "portuguesa" é de todo o Portugal.
Penso que este blog (assunto Fado) será talvez dos únicos com registo de visitas, e parece com uma das maiores afluência.
Além disso, meu amigo, como vê até pode neste blog, fazer os seus comentários (sem censura e sem se identificar com e-mail).
A opção de publicar é minha, embora aceite críticas e sugestões (construtivas, é claro), pressões não.
Quanto aos elogios, acha que são assim tantos?
Eu não sou pela quantidade, sou pela qualidade, e os poucos que recebo são sinceros de certeza.
Não percebo o que quer dizer com "contactos no meio"? Deve saber quais são as minhas ascendências, portanto obviamente que tenho muitos contactos, mas não confunda com o "Lobbie" esses é que dominam.
Sobre o “saber muito” (a expressão é sua), sei na realidade alguma coisa, mas porque investigo aprofundadamente os assuntos, e só escrevo ou falo quando tenho certezas.
Identifico as minhas fontes quando as utilizo, mas vejo artigos por mim escritos usados noutros sites e blogs, e até rádios regionais fazem da minha página a sua crónica de Fado, sem qualquer referência, mas não me aborreço, o que importa é divulgar o Fado, no entanto, lamento os medíocres, que só sobressaem a custa dos outros.
Eu sou com muita honra herdeiro de uma geração que muito deu e recebeu do Fado, e é nessa perspectiva que penso que vou dando o meu contributo.... Confesso que não esperava é que fizesse dor de c... a tenta gente.
Saudações Fadistas
Viva Lisboa, Viva o Porto, Viva Portugal de Norte ao Sul e VIVA O FADO GENUÍNO.
Vítor Duarte Marceneiro
(Alfacinha de gema, português de alma e coração)
De Helena Silva a 4 de Setembro de 2007 às 12:14
Pois eu agradeço-lhe do fundo do coração o quanto este seu blog me tem sido útil como fonte, segura de que é fidedigna, na procura de informação sobre o fado. Colaboro com umas dessas rádios regionais no Porto, talvez das que mais se preocupa em divulgar o que é português e com uma audiência fiel no que se refere ao fado, com um programa semanal sobre o tema. Quando comecei a faze-lo pensei que não queria fazer mais um programa banal em que anunciasse fados e fadistas. Tentei perceber em mim, que também canto, o que eu gostaria de ouvir e saber sobre fado. Daí resultou um programa muito especifico, ouvido por curiosos, interpretes e amantes do fado e até imitado por outros meios de comunicação radiofónicos. E como eu me orgulhosa disso! O berço do fado é Lisboa sim, mas não queiram pôr-lhe amarras. Há muito que o fado é a canção que identifica um povo, povo que traz preso à garganta a herança do passado. Castiço, vadio ou elitista, em Lisboa ou no Porto, nas tascas ou em salas de espectáculo o fado é o nosso grito para o mundo. Como projecto de gente radiofónica que ainda sou, leio (embora no que diz respeito a bibliografia o fado esteja pobre), pesquiso e sorvo tudo o que posso de modo a melhor servir o fado. A si, estimado Vítor , rogo-lhe que não desista dos seus propósitos, brinde-nos sempre com os seus sábios conhecimentos e ajude-nos a erguer o fado ao seu merecido lugar. Um bem haja com muito apreço da minha parte... Helena Silva
De Vítor Marceneiro a 5 de Setembro de 2007 às 11:20
Cara amiga Helena Silva,
Não tenho palavras para descrever um (dos poucos) comentários mais honrosos que recebi até hoje.
Disponha sempre, e se precisar de algo mais não hesite em contactar-me.
Só os tolos não afirmam que gostam que elogiem o seu trabalho.
Obrigado e bom trabalho na sua rádio.
Viva o Fado
Um abraço Fadista
Vítor Marceneiro
De domingos.mesias@gmail.com a 20 de Setembro de 2007 às 11:52
Saibam que por experiênca própria o digo: O FADO no Porto existe. E existe executado nos instrumentos e na voz por inúmeros e excelentes artistas. Em restaurantes inscritos nos roteiros turisticos ou em meras tascas desfilam simples melodias e harmonias de vozes treinadas, fazendo o fado acontecer. Para os mais aficionados, entre os quais me incluo, é possivel uma agenda semanal preenchida com várias tardes e noites de fado em locais aprazíveis onde se mistura ao fado a própria vida.
Por demais evidente é o gosto que as pessoas nutrem por tal fenómeno cultural. Nesses locais comparecem emprestando o seu aplauso com agrado. Também as Rádios regionais como a Festival, a Clube de Matosinhos ou a Regional de Arouca fazem boa parte do conteúdo das respectivas programações composta por conteúdos de fado. Estes ouvem-se no barbeiro, na tasquinha às refeições, nas residências das pessoas e nos respectivos trabalhos. Constituem cultura viva e em transformação como aconselhava o senhor Avô do autor deste blogue.
Resumindo,
BIBÓ FADO.
De Vítor Marceneiro a 20 de Setembro de 2007 às 20:35
Viva o Fado
Viva o Porto
Viva Lisboa
Viva Portugal .

Curiosamente, a maior ajuda que tive para este projecto (particular) veio do Porto, dum grande amante do Fado e talvez um dos grandes coleccionadores de fonogravações, de seu nome Fernando Batista.
Um granse abraço
Vítor Marceneiro
Vítor Marceneiro
De domingos.mesias@gmail.com a 21 de Setembro de 2007 às 10:12
Considere, senhor Vítor Marceneiro, que na minha pessoa tem mais um amigo. «Amigo do meu amigo meu amigo é» e a amizade ao FADO, à respectiva história e à memória de quem o vive chega para me sentir atraído para este tão extraordinário projecto.
Viva o FADO e a vida, no espaço e no tempo.
Um abraço,
Domingos Mesias.
De Vítor Marceneiro a 21 de Setembro de 2007 às 11:21
Caro Amigo Mesias
Agradeço e pode contar também com a minha amizade.... é um dos sentimentos mais lindos... mas por vezes esquecido.
Um abraço fadista
Vítor
De salvaemlinhadotua a 3 de Novembro de 2007 às 18:37
O Movimento Cívico de defesa da Linha do Tua presta a sua homenagem a esta grande Cantora, Fadista e sobretudo MULHER .

FLORENCIA cantou no Festival RTP da Canção " O COMBÓIO DO TUA" uma apologia à linha mais bonita do mundo, ao combóio , aos ferroviários e sobretudo às gentes simples de Trás os Montes muitas vezes obrigadas a emigrar para poderem subsistir mas sempre com o sonho de voltar e melhorar a sua região...
Voltam mas verificam que tudo está pior e até o seu, de todos, combóio, querem destruir em nome de mais energia... para quem?!!

Recordo o texto do telegrama que se encontra no disco de Vinil de 45 rotações gentilmente oferecido com dedicatória à Linha do Tua e autografado por Florencia com o desejo de muitas viagens:

-NNNNN

ZCZC 2 L31
FOZ TUA 35/32 22 1040


TELEGRAFO
23 FEV.79
PICOAS

FLORENCIA MARTINS CUNHA VIEIRA
FESTIVAL DA CANÇÃO
TEATRO MONUMENTAL
LISBOA


FERROVIÁRIOS LINHA DO TUA ENVIAM FELICITAÇÕES PELO EXITO OBTIDO CANÇÃO COMBOIO DO TUA TODOS ESTAMOS CONSIGO DESEJAMOS TRIUNFO FINAL
FERROVIÁRIOS DO TUA

para que Florencia continue a cantar o Combóio do Tua e nossos filhos possam dizer aos seus filhos onde fica e viajar nele...

Solicitávamos o favor de divulgar
quer no seu blogue quer em todos os contactos possíveis
disponha
mario

Gostariamos de convidar todas as pessoas que tenham disponibilidade de se deslocar a Mirandela no próximo sábado dia 10 de Novembro a colaborarem num debate, patrocinado pela Camara Municipal e seu Presidente Dr José Silvano e o Movimento Cívico de defesa da Linha do Tua(MCLT), subordinado ao tema "Futuro e linha do Tua " pelas 15H30 no Auditório da Camara.

obrigado

mario sales de carvalho

linhadotua@gmail.com
www.linhadotua.net

De Vítor Marceneiro a 6 de Novembro de 2007 às 21:41
Estou a tentar arranjar o tema cantado pela Florência, para ver se antes do dia 10 escrevo algo sobre o assunto.
Já enviei para os meus mails.
Vítor
De lavadora lg a 22 de Dezembro de 2009 às 16:32
uma cidade abençoada e reveladora de grandes talentos
viva Florência!
De resultado lotomania a 22 de Dezembro de 2009 às 16:37
Toni de Matos também é sensacional
grandes fadistas ai citados com toda certeza
De mania virtual a 22 de Dezembro de 2009 às 16:48
belo video da maria tripeira
acho que é assim que damos ainda mais força a este movimento

Comentar post

Clique aqui para se inscrever na
Associação Cultural de Fado

"O Patriarca do Fado"
Clique na Foto para ver o meu perfil!

arquivos

Setembro 2017

Agosto 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Aguarelas gentilmente cedidas por MESTRE REAL BORDALO. Proibida a sua reprodução

tags

10 anos de saudade

2008

50 anos de televisão

ada de castro

adega machado

adelina ramos

alberto ribeiro

alcindo de carvalho

alcino frazão

aldina duarte

alfredo correeiro

alfredo duarte jr

alfredo duarte jr.

alfredo duarte júnior

alfredo marcemeiro

alfredo marceneiro

alice maria

amália

amália no luso

amália rodrigues

américo pereira

amigos

ana rosmaninho

angra do heroísmo

anita guerreiro

antónio dos santos

antónio melo correia

antónio parreira

argentina santos

armanda ferreira

armandinho

armando boaventura

armando machado

arménio de melo - guitarrista

artur ribeiro

árvore de natal

ary dos santos

aurélio da paz dos reis

avelino de sousa

beatriz costa

beatriz da conceição

berta cardoso

carlos conde

carlos escobar

carlos zel

dia da mãe

dia do trabalhador

euclides cavaco

fadista

fado

fado bailado

fados da minha vida

fados de lisboa

feira da ladra

fernando farinha

fernando maurício

florência

gabino ferreira

guitarra portuguesa

guitarrista

helena sarmento

hermínia silva

herminia silva

joão braga

josé afonso

júlia florista

linhares barbosa

lisboa

lisboa no guiness

lucília do carmo

magusto

manuel fernandes

marchas populares

maria da fé

maria josé praça

maria teresa de noronha

max

mercado da ribeira

miguel ramos

noites de s. bento

oficios de rua

óleos real bordalo

paquito

patriarca do fado

porta de s. vicente ou da mouraria

pregões de lisboa

raul nery

real bordalo

santo antónio de lisboa

santos populares

são martinho

teresa silva carvalho

tereza tarouca

tristão da silva

vasco rafael

vítor duarte marceneiro

vitor duarte marceneiro

vítor marceneiro

vitor marceneiro

zeca afonso

todas as tags