Domingo, 23 de Dezembro de 2007

FESTAS FELIZES - Feliz Natal - Bom Ano Novo

Feliz Natal e um bom Ano Novo

 

São os votos sinceros deste vosso amigo

Vítor Duarte Marceneiro

Viva a Solidariedade

 

 

Que bela imagem de Solidariedade, os animais fazem-no por instinto, os homens muitas das vezes, não o fazem por ganância!

Este pequeno filme que é uma maravilha, foi-me enviado há uns meses por um amigo , e desde logo pensei que iria usá-lo, achei oportuno divulgá-lo agora, que estamos em  época natalícia, onde a solidariedade é mais falada, mas infelizmente logo esquecida. Natal devia ser todos os dias, e será sempre que um homem queira.

 

Com base neste pequeno filme e na mensagem que ele encerra, pedi a três poetas meus amigos que escrevessem algo para eu publicar conjuntamente com o mesmo, acederam ao meu pedido,  é pois com muita gratidão, que aqui transcrevo as  prosas que me enviaram.

Depenicar no Destino

por: Carlos Escobar

                   depenicar no destino
                   depenicar no que cai
                   às migalhas do vizinho
                   nem o peixinho lá vai
                   e... à falta de migalhas
                   há tanta gente que ao calhas
                   tem natal tão pobrezinho
                   que depenica migalhas
                   à espera de um bom patinho

 

DOM DE COMPARTILHAR

por: Euclides Cavaco

Qual imagem de candura

Nos inspira este patinho

Neste gesto de ternura

Transcendente de carinho.

Num afecto transparente

Tão  singelo  a  repartir

Mesmo aos de raça dif’rente

Sem nada em troca exigir.

 

Exemplo  de  magnitude

Que dum patinho apreendo

Um   desígnio de  virtude

Que os homens vão esquecendo.

Bem dentro de mim eu sinto

Quando o contemplo melhor

Que há para além do instinto

Cândida  prova  de  amor.

 

Que  bom  seria  afinal

Se ele pudesse inspirar

Os homens neste Natal

O dom de compartilhar .

Na mesma simplicidade

Com que este patinho o faz

Toda a nossa humanidade

Teria mais pão e paz !... 

 

 

ao pão da minha fome

por: Fernando Pinto Ribeiro

 

               rompendo a terra

               para a florir

               e repartir

               por toda a gente

   

               o pão

               é mão que encerra

               todo o porvir

               numa semente

 

               o pão é mão

               que dá o que recebe

               e Deus lhe deu

 

               fome que come

               quanto sofreu

               e pede à sede

               água do céu

 

 

A  primeira gravura "Olhando a árvore" é pintada com  a boca por Erich Krell.

A segunda gravura "Natal na Praça" é pintada com a boca  por R.Christensen

 

Contacto com o autor: clicando aqui
Viva Lisboa: embuido nos festejos do Natal
publicado por Vítor Marceneiro às 21:18
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De M. L. Castanheira a 25 de Dezembro de 2007 às 14:33
Caro Vítor quero hoje dia de Natal desejar-lhe a si e a toda a sua família um Santo Natal, e umas festas com alegria. Que 2008 lhes traga a concretização dos vossos sonhos e pedir-lhe que não acabe nunca com este blog ou então que o reformule mas mantenha vivo o espírito!
De Vítor Marceneiro a 25 de Dezembro de 2007 às 15:25
Minha querida amiga Maria de Lurdes
Obrigado, pelas suas palavras, desejo-lhe também tudo de bom na vida, nesta época , e em todas as épocas.
Enquanto quem de direito não tratar de candidatar Lisboa ao Guiness, não páro, Lisboa e o Fado, ainda tem muito, para se relembrar, e acima de tudo relembrar os seus intervenientes.
Um Beijo de Amizade do amigo
Vítor Marceneiro

Comentar post

Clique aqui para se inscrever na
Associação Cultural de Fado

"O Patriarca do Fado"
Clique na Foto para ver o meu perfil!

arquivos

Agosto 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Aguarelas gentilmente cedidas por MESTRE REAL BORDALO. Proibida a sua reprodução

tags

10 anos de saudade

2008

50 anos de televisão

ada de castro

adega machado

adelina ramos

alberto ribeiro

alcindo de carvalho

alcino frazão

aldina duarte

alfredo correeiro

alfredo duarte jr

alfredo duarte jr.

alfredo duarte júnior

alfredo marcemeiro

alfredo marceneiro

alice maria

amália

amália no luso

amália rodrigues

américo pereira

amigos

ana rosmaninho

angra do heroísmo

anita guerreiro

antónio dos santos

antónio melo correia

antónio parreira

argentina santos

armanda ferreira

armandinho

armando boaventura

armando machado

arménio de melo - guitarrista

artur ribeiro

árvore de natal

ary dos santos

aurélio da paz dos reis

avelino de sousa

beatriz costa

beatriz da conceição

berta cardoso

carlos conde

carlos escobar

carlos zel

dia da mãe

dia do trabalhador

euclides cavaco

fadista

fado

fado bailado

fados da minha vida

fados de lisboa

feira da ladra

fernando farinha

fernando maurício

florência

gabino ferreira

guitarra portuguesa

guitarrista

helena sarmento

hermínia silva

herminia silva

joão braga

josé afonso

júlia florista

linhares barbosa

lisboa

lisboa no guiness

lucília do carmo

magusto

manuel fernandes

marchas populares

maria da fé

maria josé praça

maria teresa de noronha

max

mercado da ribeira

miguel ramos

noites de s. bento

oficios de rua

óleos real bordalo

paquito

patriarca do fado

porta de s. vicente ou da mouraria

pregões de lisboa

raul nery

real bordalo

santo antónio de lisboa

santos populares

são martinho

teresa silva carvalho

tereza tarouca

tristão da silva

vasco rafael

vítor duarte marceneiro

vitor duarte marceneiro

vítor marceneiro

vitor marceneiro

zeca afonso

todas as tags