Sexta-feira, 23 de Maio de 2008

MÁRIO MONIZ PEREIRA - Compositor e Poeta

"Valeu a pena" escrito e composto por MONIZ PEREIRA é sem dúvida o seu cartão de visita e revela uma outra faceta deste professor de educação física e treinador de atletas de alta competição como Álvaro Dias, Manuel Fana, Carlos Lopes e Fernando Mamede. Numa busca rápida pelos registos da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) contamos cerca de 120 temas {fados e canções) de sua autoria, quer a música, quer a letra ou de ambas. Além de "Valeu a pena" criado por Carlos Ramos e popularizado por Maria da Fé que o tornou inesquecível e um "hit" da música portuguesa, podemos referir entre outros êxitos "Fado Varina", "Chaves da vida", "Rosa da noite", "Rio Tejo de Lisboa", "Não me conformo", "Rosa da Madragoa", "Eu sei que tu sabes" ou "Leio em teus olhos".
Carlos Ramos, Maria da Fé, Carlos do Carmo, Lucília do Carmo, Maria Armanda, Manuel de Almeida, Deolinda Rodrigues, Rodrigo são alguns dos fadistas que criaram letras ou músicas de sua autoria, sem referir os muitos que as continuam hoje a cantar e a recriar.
Mário Alberto de Freire Moniz Pereira, 87 anos, tem sido alvo de diferentes homenagens e tem recebido várias distinções, além de condecorações oficiais. Entre outros, recebeu o Emblema de Ouro da Associação Europeia de Atletismo (2001), Prémio Consagração de Carreira pela Casa da Imprensa (1998), Prémio Prestígio do Município de Sintra (1997), Grande Oficialato da Ordem do Infante D. Henrique (1991), Ordem Olímpica pelo Comité    Olímpico    Internacional    (1988),
Medalha de Mérito Grau Ouro da Câmara de Lisboa (1985), e é Doutor Honoris Causa pela Universidade Técnica de Lisboa (2001). Um pavilhão e uma pista na capital ostentam o seu nome. Sócio n° 2 do Sporting Clube de Portugal foi galardoado em  2001  com o Leão de Ouro e Palma.
Mantém com grande dinamismo a Associação de Amizade Portugal-Portugal por si fundada há duas décadas com o intuito de "pôr a falar os portugueses com  os  portugueses",  nas suas  palavras.
Tem publicado quatro títulos sobre temas desportivos, entre eles, "Carlos Lopes e  a  escola portuguesa do meio fundo".
Lisboeta, nascido na Rua Gomes Freire, espantou  todos  quando  aos   cinco  anos improvisou ao violino. A música continuaria a ser a sua paixão a vida toda, apesar de afirmar não conhecer uma nota. Não chegou a estudar música mas se uma ideia musical surge, coloca-se ao piano e cria, graças a um apurado ouvido e sensibilidade excepcional.
Qualquer esboço biográfico seu tem de referir em paralelo a carreira desportiva - quer como atleta, quer como treinador e homem empenhado no desenvolvimento do desporto nacional, participou entre dezenas de competições desportivas internacionais, nomeadamente em 12 Jogos Olímpicos -,   e a carreira na música.
Ainda aluno do extinto INEF (Instituto Nacional de Educação Física) actual Faculdade de Motricidade Humana, em 1945 o jornal Os Sports escrevia a propósito da festa de aniversário daquela instituição: "uma menção especial para o conjunto vocal dirigido pelo aluno estagiário Moniz Pereira, que deu prova de muito apreciável sentido musical", acrescentando que   foi   ovacionado   pelos   espectadores.
"Tocar de ouvido" como afirma é uma especialidade sua desde miúdo, quando regressava a casa do Cinema Central tocava no piano da família as   músicas   do   filme   a   que   assistira.
Um mero acaso levou-o a começar a compor para fado. Aconteceu n'A Viela, quando ouviu certo fado e imediatamente o reproduziu num piano que lá se encontrava. É desafiado a escrever, e começa a compor, estamos em finais da década de 1950. O primeiro fado que compõe (letra e música), "Contentamento", será gravado por Lucília do Carmo que registou onze temas seus.
Depois do desafio feito n 'A Viela começa a frequentar A Toca de Carlos Ramos, que ainda gravou alguns temas de sua autoria. D'A Toca passa a frequentar O Faia e dá-se o conhecimento e convivência com Lucília  do   Carmo,   cuja  voz   o   apaixona.
"Valeu a pena" escrito em 1964, tem, segundo o seu autor, 23 versões diferentes interpretadas por 18 artistas, incluindo o espanhol Diego Romero e a brasileira Roberta Miranda.
Relativamente à música, a sua opinião foi expressa à revista Autores da SPA: "Perguntei um dia a um homem da rádio qual a palavra que mais se ouve na rádio portuguesa. Ele pensou, pensou e disse que não fazia ideia. Eu respondi-lhe:  é  ai. E depois expliquei-lhe: não é o ai de ó ai ó linda, não é o ai de ai  Mouraria. É o ai de I love you, de I believe, I go, I want.   As letras são péssimas, são muito piores que as nossas".

Nota: O texto foi retirado do programa da III GALA dos Prémios Amália de 2008, em que o Prof. Moniz Pereira foi galardoado como COMPOSITOR/AUTOR, da autoria do jornalista NUNO LOPES.

 

MARIA DA FÉ

canta Valeu a Pena

 

 

 

 

Contacto com o autor: clicando aqui
música: Valeu a Pena - canta Maria da Fé
publicado por Vítor Marceneiro às 22:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Clique aqui para se inscrever na
Associação Cultural de Fado

"O Patriarca do Fado"
Clique na Foto para ver o meu perfil!

arquivos

Dezembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Aguarelas gentilmente cedidas por MESTRE REAL BORDALO. Proibida a sua reprodução

tags

10 anos de saudade

2008

50 anos de televisão

ada de castro

adega machado

adelina ramos

alberto ribeiro

alcindo de carvalho

alcino frazão

aldina duarte

alfredo correeiro

alfredo duarte jr

alfredo duarte jr.

alfredo duarte júnior

alfredo marcemeiro

alfredo marceneiro

alice maria

amália

amália no luso

amália rodrigues

américo pereira

amigos

ana rosmaninho

angra do heroísmo

anita guerreiro

antónio dos santos

antónio melo correia

antónio parreira

argentina santos

armanda ferreira

armandinho

armando boaventura

armando machado

arménio de melo - guitarrista

artur ribeiro

árvore de natal

ary dos santos

aurélio da paz dos reis

beatriz costa

beatriz da conceição

berta cardoso

carlos conde

carlos escobar

carlos zel

dia da mãe

dia do trabalhador

euclides cavaco

fadista

fadista bailarino

fado

fado bailado

fados da minha vida

fados de lisboa

feira da ladra

fernando farinha

fernando maurício

florência

gabino ferreira

guitarra portuguesa

guitarrista

helena sarmento

hermínia silva

herminia silva

joão braga

josé afonso

júlia florista

linhares barbosa

lisboa

lisboa no guiness

lucília do carmo

magusto

manuel fernandes

marchas populares

maria da fé

maria josé praça

maria teresa de noronha

max

mercado da ribeira

miguel ramos

noites de s. bento

oficios de rua

óleos real bordalo

paquito

patriarca do fado

porta de s. vicente ou da mouraria

pregões de lisboa

raul nery

real bordalo

santo antónio de lisboa

santos populares

são martinho

teresa silva carvalho

tereza tarouca

tristão da silva

vasco rafael

vítor duarte marceneiro

vitor duarte marceneiro

vítor marceneiro

vitor marceneiro

zeca afonso

todas as tags